/ maio 7, 2019

Twitter Linkedin Facebook Email
Quando o problema não é do Wi-Fi

Sempre que me deparo com a afirmação de que “a rede Wi-Fi está ruim”, fico pensando em como ela foi projetada e validada e se isso também foi feito com a rede cabeada.

É interessante observar como pouco se leva em consideração o papel da rede cabeada no desempenho das redes Wi-Fi. Com o crescimento acelerado das redes Wi-Fi muitas vezes não se dá atenção nem ao básico!

LAN – Local Area Network

A rede Wi-Fi depende totalmente da rede cabeada para ter um bom desempenho e correto funcionamento, pois é a rede local (LAN) que conecta os access points à rede e que, em muitas vezes, leva a energia até os APs.

O emprego de conectores de baixa qualidade, oxidados, mal crimpados, fora do padrão etc., leva à degradação da performance de ambas as redes, Ethernet e Wi-Fi.

A percepção de problemas é amplificada na rede Wi-Fi onde um AP pode estar conectado a um cabo defeituoso, estendendo o problema a várias pessoas, diferentemente dos dispositivos na rede cabeada, que têm uma relação de 1:1.

Um cabo problemático pode inclusive interferir na quantidade de rádios em funcionamento do AP, ao afetar a energia fornecida via PoE, diminuindo a performance da rede sem fio.

Além do cabeamento há os ativos de rede (switch, router, firewall…) que podem ter configurações equivocadas, não atendendo o planejamento da rede Wi-Fi. Uma ocorrência comum é a configuração de VLANs, que pode estar errada ou inexistir, impossibilitando o dispositivo cliente de se comunicar com servidores locais e também com outras redes, quando necessário.

PoE – Power Over Ethernet

Quando os APs são alimentados por um switch PoE, este precisa suportar os padrões dos dispositivos a ele conectados, como por exemplo 802.at, 802.3af, 24v etc., bem como o total do consumo de energia, caso contrário haverá problemas de funcionamento.

No caso de serem utilizados injetores PoE, estes precisam da mesma atenção em relação à potência e à qualidade, pois muitos não passam de 100 Mbps, limitando a performance da rede.

Serviços de Rede

Outra origem de problemas está nos serviços de rede, por vezes mal dimensionados e/ou configurados. Entre os principais estão a definição do escopo e as opções do DHCP, as entradas DNS, o QoS corretamente configurado fim-a-fim… Esses são alguns dos problemas que afetam o usuário, prejudicando ou até impossibilitando o uso da rede Wi-Fi.

Entre em contato e solicite um orçamento para ter um Site Survey, um Planning ou um Troubleshoot da sua rede Wi-Fi, executado por um profissional especializado.